DESTAQUES

NOTÍCIAS

12/11/2013 10:54:24
Família indígena é contemplada com casa construída por alunos do Pronatec
Foto: Assessoria

 A família de Dona Maria Aparecida dos Santos, agricultora e moradora da comunidade indígena Karapotó Plaki-ô, em São Sebastião, tem motivos de sobra para comemorar. Em breve eles estarão deixando a antiga moradia de taipa e se mudando para uma casa novinha em folha, construída em alvenaria pelos alunos concluintes do curso de Pedreiro, do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).


O curso, iniciado no final do mês de agosto, é fruto de uma parceria entre a Prefeitura de São Sebastião e o Governo Federal, através do Ministério da Educação. A construção da casa representa o momento em que os participantes do curso têm a oportunidade de colocar em prática tudo aquilo que foi aprendido em sala de aula. O andamento da obra é acompanhado por um profissional da área e quando a casa estiver pronta, uma banca avaliadora dará a nota ao grupo.

A escolha da família indígena foi feita dentro dos critérios de um cadastro da Secretaria de Assistência Social do município, que tem cadastradas todas as famílias que vivem em situação de vulnerabilidade, inclusive em casas de taipa. Atualmente, Dona Maria Aparecida mora numa casa pequena, quente, escura e com muitas pingueiras. Com ela vivem o marido, quatro filhos e um neto recém-nascido.

A nova casa tem dois quartos, sala, cozinha, banheiro, energia elétrica e água nas torneiras. “Estou muito feliz, pois o maior sonho da minha vida sempre foi morar numa casa com paredes de alvenaria, pintadas e limpinhas. Agradeço primeiramente à Deus e em segundo lugar ao prefeito Charles Pacheco pelo grande presente que foi dado à minha família”, finalizou a agricultora.

O curso de Pedreiro tem duração de 200 horas/aulas e, no município de São Sebastião, foi ofertado em duas turmas, sendo uma pela manhã e outra pela noite, com 20 alunos cada. As aulas foram ministradas nas dependências do prédio do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI). O curso é gratuito e, como forma de incentivo, cada aluno recebe a quantia de R$ 8 por dia como ajuda de custo nas despesas de alimentação e transporte.

O Pronatec foi criado pelo Governo Federal em 2011 e tem como objetivo ampliar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica, além de expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de educação profissional técnica de nível médio e qualificação profissional.

 
Outras de Assistência Social